Arquivo | outubro, 2011

Charge do dia

31 out

Anúncios

Curiosidades – 31.10

31 out

Fatos do dia

1984 – Indira Gandhi, a primeira-ministra da Índia, foi assassinada por dois guarda-costas, em represália ao ataque contra um templo sagrado.

1993 – Morreu, aos 73 anos, o cineasta italiano Federico Fellini, que dirigiu E la nave va e As noites de Cabíria, entre outros.

1996 – Um Fokker 100 da TAM caiu logo após decolar do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, destruindo casas e matando 99 pessoas.

Pergunta Curiosa

O que é bruxismo?

Não é nenhum tipo de feitiçaria, não. Bruxismo é aquele ranger de dentes que acontece durante o sono. Crianças e adultos apertam as mandíbulas e movimentam a arcada, fazendo barulho e desgastando os dentes. A força do ranger é trinta vezes maior do que a realizada para mastigar alimentos. A palavra vem do grego “bruxus”, que significa atrito.

Fonte: Guia dos curiosos

Curiosidades – 30.10

30 out

Curiosidade do dia

 

Hoje é o Dia do Protestante. O fundador do protestantismo foi Martinho Lutero. Para restaurar a catedral de São Paulo, o papa Leão X passou a vender indulgências, que diminuiriam a punição do pecador. Indignado com isso,  Lutero denunciou a prática. O papa o chamou de “alemão bêbado”.

Fatos do dia

1811 – Jane Austen publicou anonimamente Razão e Sensibilidade. Apenas algumas pessoas conheciam a identidade da autora.

1969 – O general Médici tomou posse da presidência da República, iniciando o período mais duro da ditadura brasileira.

1995 – Os eleitores da província canadense do Quebec decidiram em um plebiscito continuar a fazer parte do Canadá. Os partidários da separação conseguiram 49,4% dos votos, enquanto os defensores do status atual tiveram 50,6%.

Fonte: Guia dos curiosos

Curiosidades – 28.10

28 out

Fatos do dia

1886 – Foi inaugurada a Estátua da Liberdade, em Nova York. O monumento, um presente da França para os Estados Unidos, tem 45,3 metros de altura.

1948 – Israel adotou a bandeira nacional cerca de cinco meses depois de ter se tornado Estado.

1998 – O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostrou que a seca na Amazônia era a maior em 118 anos.

Curiosidade do dia

O jogador de futebol Garrincha faria aniversário hoje. Seu verdadeiro nome era Manuel dos Santos, e não Manuel Francisco dos Santos, como passou a assinar, depois que o chefe da seção da fábrica onde trabalhou acrescentou o nome em uma ficha para evitar confusões com outros manuéis. Ele era operário da América Fabril e jogava no Esporte Clube Pau Grande, em 1952, quando recebeu convite para treinar no Botafogo. Mas só apareceu no clube quase um ano depois para fazer o teste. “Sabe como é”, justificou. “Quem trabalha em fábrica não pode sair a qualquer hora, não. O patrão manda a gente embora.”

Fonte: Guia dos curiosos

Charge do dia

27 out

Curiosidades – 27.10

27 out

Pergunta curiosa

Como era feita a viagem entre São Paulo e o Rio de Janeiro antes da construção da rodovia Presidente Dutra?

A rodovia Presidente Dutra foi inaugurada em 1951, com o nome de BR-2. A partir de 1928, o percurso era feito pela antiga Rodovia Rio-São Paulo. Ela começava na Praça Mauá, no Rio de Janeiro, e seguia até Santa Cruz pela estrada dos Jesuítas. Continuava até Paracambi, pela atual BR-465, e subia à esquerda da Dutra em direção a Passa Três, São José dos Marcos, Pouso Seco, Bananal, Formoso, São José do Barreiro, Queluz, Areias, Lavrinhas e Silveiras. A estrada pegava a direita do trajeto atual da Dutra, passando por Valparaíba, Lorena, Guaratinguetá, Aparecida, Roseira, Pindamonhangaba, Taubaté, Quirim, Caçapava e São José dos Campos. Voltava, então, para a margem esquerda da rodovia atual, passando por Jacareí, Mogi das Cruzes, Suzano, Arujá, Guarulhos e, enfim, São Paulo. Há registros de que, em 1908, o Conde Lesdain levou 876 horas para ir do Rio a São Paulo em estradas de boiadeiros e antigas picadas, a bordo de um automóvel Brassier. Em 1925, 144 horas foram suficientes para a Bandeira Automobilística da Associação de Estradas de Rodagem seguir de São Paulo ao Rio de Janeiro. Em 1928, com a inauguração da antiga Rio – São Paulo, o caminho passou a ser feito em 10 horas. Vinte anos mais tarde, com a deterioração desta estrada, a mesma viagem demorava doze horas. Hoje, bastam 5 horas e 30 minutos para ir de uma cidade à outra.

Fonte: Guia dos curiosos

Charge do dia

26 out