Apostila 1

4. (pág. 13) – B

 

5. (pág. 14) – E

 

1. (pág. 29)

a) Paleolítico

Os grupos humanos desse período eram nômades e realizavam a caça, a pesca e a coleta de frutas e raízes. Viviam em grupos e dividiam o espaço e as atividades, utilizando objetos feitos com pedra lascada, madeira, ossos e dentes de animais. Por volta de 500 mil anos atrás, aprenderam a controlar o fogo, o que permitiu o aquecimento durante o frio, a defesa contra animais e a preparação de alimentos. Ocupavam a entrada das cavernas ou abrigos sob as rochas.

 

b) (pág. 30) Mesolítico

No Mesolítico, por volta de 35 mil a 15 mil a.C., as sociedades se transformaram, sobretudo com o uso cada vez mais extenso de novos artefatos de pedra mais bem acabados, com a introdução do arco e da fecha e com o gradual abandono das ferramentas ósseas. A canoa, ao permitir a navegação costeira e fluvial, aumentou consideravelmente o raio de ação de novas culturas.

 

c) (pág. 30) Neolítico

Os grupos humanos já sabiam identificar quais animais podiam caçar e quais as funções certas plantas tinham: comestíveis ou medicinais. Aprenderam a construir canoas, jangadas e barcos, importantes para suas migrações. Também começaram a triturar alimentos e a polir seus instrumentos de pedra, criando peças mais duráveis. Desenvolveram crenças religiosas, em seu esforço para compreender os fenômenos da natureza. Por volta de 10 mil anos atrás, desenvolveram a atividade agrícola, o que provocou uma revolução na vida das comunidades neolíticas. A agricultura forneceu aos indivíduos uma fonte estável de alimento, contribuindo para que se fixassem nas áreas mais férteis, em aldeias com moradias de madeira, pedra, barro ou adobe. A domesticação de animais e o pastoreio também foram desenvolvidos.

 

d) (pág. 30) Idade dos Metais

Nesse período, os instrumentos de pedra foram aos poucos substituídos pelos de metal: o cobre foi o primeiro metal a ser explorado, seguido do bronze e mais tarde o ferro. O desenvolvimento da metalurgia possibilitou uma nova atividade, o artesanato, ofício desenvolvido em centros urbanos. Ferramentas mais eficientes contribuíram para o aperfeiçoamento das atividades agrícolas.

 

2. (pág. 32) – B

 

3. (pág. 32) – B

 

4. (pág. 33) – C

 

5. (pág. 33) – D

 

6. (pág. 33) – A

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: