Arquivo | 14:50

Carta de atirador diz que impuros não poderão tocar seu corpo

9 abr

RIO – O atirador Wellington Menezes de Oliveira, autor do massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, afirma, em uma carta que foi entregue pela polícia a jornalistas, que os impuros não poderão tocar seu corpo sem luvas. Na carta, ele diz que quer ser despido, banhado e seco após sua morte, quando deverá ter o corpo envolto em um lençol branco.

 

Confira os trechos da carta:

“Primeiramente deverão saber que os impuros não poderão me tocar sem luvas, somente os castos ou os que perderam suas castidades após o casamento e não se envolveram em adultério poderão me tocar sem usar luvas, ou seja, nenhum fornicador ou adúltero poderá ter um contato direto comigo, nem nada que seja impuro poderá tocar em meu sangue, nenhum impuro pode ter contato direto com um virgem sem sua permissão, os que cuidarem de meu sepultamento deverão retirar toda a minha vestimenta, me banhar, me secar e me envolver totalmente despido em um lençol branco que está neste prédio, em uma bolsa que deixei na primeira sala do primeiro andar, após me envolverem neste lençol poderão me colocar em meu caixão. Se possível, quero ser sepultado ao lado da sepultura onde minha mãe dorme. Minha mãe se chama Dicéa Menezes de Oliveira e está sepultada no cemitério Murundu. Preciso de visita de um fiel seguidor de Deus em minha sepultura pelo menos uma vez, preciso que ele ore diante de minha sepultura pedindo o perdão de Deus pelo o que eu fiz rogando para que na sua vinda Jesus me desperte do sono da morte para a vida.”

Anúncios

Já vimos esse filme…

9 abr

Filho feio…

9 abr

Palestra nota 10!!!

9 abr

Queremos PAZ

9 abr

Notícias de futebol

9 abr

Fred prevê problemas em caso de eliminações: ‘O bicho vai pegar’

Atacante admite pressão por resultados tanto no Carioca quanto na Libertadores e promete: ‘Enquanto houver chance, vamos fazer de tudo’.

Caso seja eliminado precocemente no Carioca e na Libertadores, o Flu ficará mais de um mês sem entrar em campo. Capitão da equipe, Fred tem a exata noção do momento conturbado nas Laranjeiras e de que só as vitórias podem colocar as coisas nos eixos.

Notícias de futebol

9 abr

Na mira do Botafogo, Ricardinho tem
o aval de Caio Júnior

Treinador afirma que gostaria de contar com meia, que, entretanto, não poderia mais atuar na Copa do Brasil.

Recentemente afastado do Atlético-MG, Ricardinho é um nome visto com simpatia pelo treinador, que foi seu companheiro quando ainda era atleta do Paraná Clube.